Os homens que não amavam as mulheres – Millenium

Série: Trilogia Millennium

ISBN: 9788535913248

Páginas: 524

Editora: Companhia das Letras

Data:

Compartilhe

Sinopse

Os homens que não amavam as mulheres é um enigma a portas fechadas – passa-se na circunvizinhança de uma ilha. Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fechara-se o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada – o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada. E que um Vanger a matou.

Quase quarenta anos depois, o industrial contrata o jornalista Mikael Blomkvist para conduzir uma investigação particular. Mikael, que acabara de ser condenado por difamação contra o financista Wennerström, preocupa-se com a crise de credibilidade que atinge sua revista, a Millennium. Henrik lhe oferece proteção para a Millennium e provas contra Wennerström, se o jornalista consentir em investigar o assassinato de Harriet. Mikael descobre que suas inquirições não são bem-vindas pela família Vanger, e que muitos querem vê-lo pelas costas. De preferência, morto. Com o auxílio de Lisbeth Salander, que conta com uma mente infatigável para a busca de dados – de preferência, os mais sórdidos -, ele logo percebe que a trilha de segredos e perversidades do clã industrial recua até muito antes do desaparecimento ou morte de Harriet. E segue até muito depois…. até um momento presente, desconfortavelmente presente.

Alerta de spoiler

Se você ainda não leu Os homens que não amavam as mulheres o texto a seguir pode conter spoiler

Personagens principais

Mikael Blomkvist: jornalista renomado, conhecido como Super Blomkvist, proprietário da revista Millenium, juntamente com Erika Berger e Christer Malm.

Lisbeth Salander: menina declarada incapaz pelo governo, mas que na verdade é uma super hacker.

Henrik Vanger: um dos patriarcas da família Vanger, irmão de Richard, Harald, Greger e Gustav. Ele é assessorado por Dirch Frode, seu advogado.

Gottfried Vanger: filho de Richard, casado com Isabella. Chegou a trabalhar nas indústrias Vanger, mas o vício em álcool destruiu sua vida.

Cecília Vanger: separada de Birger, filha de Harald. Mulher independente, diretora de escola e que também mora na ilha com a família.

Dragan Armanskij: diretor da Milton Security onde Lisbeth trabalha.

Wennerström: bilionário que construiu um império do nada, investigado por Mikael.

Resumindo

Mikael Blomkvist era um respeitado jornalista até cometer um erro em uma matéria contra o império financeiro do bilionário Wennerström. Esse erro o colocou na prisão por 3 meses, acabou com suas economias e ainda ameaçava destruir sua revista, a Millenium.

A família Vanger possuía membros excêntricos e muitos esqueletos nos armários. Entre eles, o misterioso sumiço de Harriet há 40 anos. Henrik Vanger, um dos patriarcas da família, nunca se conformou com o sumiço da sobrinha e acabou dedicando sua longa vida para investigar o caso. No auge de seus 80 anos, ele decide dar sua última cartada: aproveitando a má fase de Mikael, que foi obrigado a se afastar da Millenum para salvá-la, ele propõe ao jornalista que ele investigue o sumiço, em troca de uma fortuna e da cabeça de Wennerström. Henrik está convicto que alguém de fora pode encontrar novas pistas.

Lisbeth Salander era uma menina estranha e à parte da sociedade. Com 25 anos e declarada incapaz de gerir sua vida, ela se vê em apuros quando seu tutor sofre um derrame e o governo estabelece um novo tutor. O que nem todos percebem é que Lisbeth é uma mulher muito inteligente, capaz de descobrir os mínimos segredos das pessoas e de cuidar da própria vida.

Mesmo a contra gosto, mas querendo acabar com Wennerström, Mikael inicia a investigação e começa a perceber que a família Vanger tem muitos podres em sua história. Conforme consegue pistas e conhece os membros da família, ele passa realmente a querer resolver esse mistério. Com a ajuda de Lisbeth, ele descobre todos os segredos sórdidos e pervertidos da família Vanger.

O que achei de Os homens que não amavam as mulheres

Comecei a ler Os homens que não amavam as mulheres, após ler várias resenhas o elogiando. No início do livro, não consegui entender o porquê de tantos elogios. Achei ele meio chato e complicado, pois descreve os personagens, principalmente os da família Vanger, e fala muito sobre a economia sueca. Foram muitos nomes e características para guardar. A história começou a melhorar quando Mikael iniciou a investigação e encontrou sua primeira pista. A partir daí, não dá mais para largar o livro. São tantas as possibilidades que ele nos apresenta, que fica difícil escolher uma das teorias.

Os personagens foram muito bem construídos. Mikael é um cara boa pinta e sedutor, que sabe como tratar as pessoas. Enquanto que Lisbeth, com sua pouca história e seu jeito reservado, nos cativa. Fiquei com vontade de cuidar dela 😀 .

O final é surpreendente. Eu não imaginei em nenhum momento que acabaria como acabou. Espero ter mais a respeito da família Vanger no próximo volume (A Menina que Brincava com Fogo). Também espero saber mais a respeito de Lisbeth e estou torcendo para que aconteçam coisas boas para ela.

Uma trama cheia de mistérios e o final surpreendente faz Os homens que não amavam as mulheres merecer 3,5 estrelas.

Para quem quiser saber mais a respeito, foram feitas duas adaptações do livro, uma sueca e uma americana. Na versão americana, ele é estrelado por Daniel Craig (Mikael Blomkvist) e a Rooney Mara (Lisbeth Salander). Ainda não assisti, mas pretendo assistir em breve, pois o trailer (ver abaixo) é fantástico! Adorei a trilha sonora com Immigrant Song do Led Zeppelin! Eletrizante! Vale a pena conferir!

Esse é o trailer da versão sueca.

E você que também já leu ou assistiu o filme, o que achou? Deixe sua opinião sobre o livro e a resenha. Se você ainda não leu, clique na capa dele ali no início e leia o primeiro capítulo gratuitamente.

Os homens que não amavam as mulheres pode ser encontrado nas seguintes lojas:

FNAC – Saraiva – Submarino

              

Relacionados


Compartilhe

Deixe uma resposta