Verão do Medo

28/06/2016

ISBN: 9788579601286

Páginas: 446

Editora: Editora Europa

Data:

Compartilhe

Sinopse

Em Viena, a jovem advogada Evelyn Meyers está às voltas com uma série de ações judiciais de indenização. Os processos têm algo em comum: homens da alta sociedade, mortos em circunstâncias estranhas. Todos parecem acreditar em acidentes, mas Evelyn desconfia: quem seria a misteriosa moça loura que, curiosamente, sempre aparece nos locais das ocorrências?

As pesquisas de Evelyn a levam para a Alemanha, onde o comissário Pulaski investiga a morte da jovem Natascha, encontrada sem vida em uma clínica psiquiátrica em Leipzig. Em princípio, todas as evidências apontam para suicídio. Porém, as últimas anotações da garota não sugerem sinais de depressão. Além disso, a overdose de analgésico que ela teria se aplicado, por si só, não justificaria o óbito. Assim, Pulaski tem razões para acreditar em assassinato. E logo acaba descobrindo outros casos semelhantes. Evelyn investiga acidentes envolvendo homens de projeção. Pulaski, suicídios de garotas imigrantes.

Casos aparentemente tão distintos teriam algo em comum? E qual seria a verdadeira causa de todas essas mortes? Verão do Medo é desses thrillers tensos, empolgantes, que prendem o leitor, mantendo-o em constante suspense.

Resumindo

Uma advogada workaholic que vive com dois gatos. Um detetive em final de carreira, com terríveis ataques de asma e amargurado com a morte da esposa. Assim podem ser descritos Evelyn e Pulaski.

O envolvimento deles com casos aparentemente sem correlação, faz com que suas vidas ganhem novas emoções e significados. A obstinação de Evelyn em ajudar seu tio a leva a uma série de mortes com características semelhantes. O instinto de Pulaski o faz investigar uma série de mortes de adolescentes internados em clínicas psiquiátricas, inicialmente classificadas como suicídio.

A persistência deles faz com que descubram o envolvimento, em todos os casos, de uma menina usando vestido azul de alcinhas. Quando se encontram, percebem que os dois investigam o mesmo caso e resolvem se unir.

Uma história contada do ponto de vista desses dois personagens nos faz viajar pela Alemanha. Cheia de suspense, com uma pitada de romance e reviravoltas, a história nos prende do início ao fim, apresentando um final surpreendente.

O que achei de Verão do Medo

Verão do Medo é, por enquanto, o único livro traduzido para o português de Andreas Gruber. Me interessei pelo livro ao ler a sinopse. Quando comecei ler, não consegui parar mais, pois queria saber o que iria acontecer. Achei a história muito bem contada e só fiquei um pouco incomodada com as notas de rodapé. Mas não foi nada que tenha atrapalhado a intensidade e o suspense do livro.

O fato das personagens serem bem construídas e da trama ser instigante, me faz dar 3,5 estrelas para Verão do Medo. Só não dei 4 estrelas por conta de alguns probleminhas na tradução 🙁 . Nada que me faça não recomendar a leitura. Pelo contrário, recomendo para quem gosta de suspense.

Vamos trocar figurinhas?

E você que já leu Verão do Medo, o que achou? Deixe sua opinião sobre o livro e a resenha. Não esqueça de avaliar o livro.

Se você ainda não leu, deixe também seu comentário sobre a resenha. Se quiser, pode encontrar Verão do Medo nas seguintes lojas:

Submarino

 

 

Relacionados


Compartilhe

Uma resposta para: Verão do Medo

Deixe uma resposta